13 Idéias para ganhar um extra $$

Ganhar uma graninha extra, quem não quer? Não se trata apenas de quando estamos planejando nosso casamento e pagando fornecedores, mas por toda a vida incrementar o salário pode ser uma boa sugestão àqueles que querem se dar ao luxo de comprar uma coisa a mais ou passear com a família. 

ideias para ganhar dinheiro


A verdade é que quando vemos os empresários, achamos que as ideias deles foram geniais - e caras, mas a maioria deles começou de uma forma muito simples, como o Silvio Santos, que começou sua carreira vendendo doce na rua. 
Não se trata, jamais, de dinheiro fácil. Nada vem fácil nessa vida, é bom que se saiba. A questão é que se você está procurando uma renda extra, saiba que você pode ter sim, e nem é preciso de muito dinheiro inicial, apenas um tempo dedicado a isso e muita, muita paixão pelo que se faz e se quer (isso é extremamente importante hein!). As ideias que trazemos aqui não são nada tão elaboradas - mas é necessário que você tenha humildade para aceitá-las, e caso você tenha se identificado e queria fazer isso pelo resto da vida, recomendamos fortemente que você procure um SEBRAE e faça sua inscrição ME. Nada de viver sem pagar impostos hein? Vamos a lista:
  • Vender água, suco ou refrigerante. É certeiro e conheço pessoas com histórias bem sucedidas com relação a isso. Meu pai uma época vendeu água na praia, comprava engradados e levava gelado e vendia tudo. Meu sogro fazia suco de laranja natural (comprava aqueles sacos de laranja e espremia, todo dia) e ia vender na praia também. Pode parecer que não, mas vender água, suco, refrigerante são coisas que dão dinheiro. Apenas saiba onde vender: praias, centros de compra ou lugares onde não tem muito restaurante por perto são perfeitos. Não é preciso muita habilidade: deixe a água gelada e de tempos em tempos fique gritando "OLHA A ÁGUA GELADINHA, GELADINHA, OLHA A ÁGUA!". Quem nunca comprou uma água na rua tamanha era a sede?
  • Vender doce ou água no farol.  Só uma coisa pra dizer pra essas pessoas que vendem coisa no farol: vocês estão de parabéns. O trabalho é árduo, debaixo de sol quente, mas se você está disposto, saiba que é uma das melhores opções. Principalmente doce. Você chega no carro e oferece doce. Tem uma criança no carro. Muito dificilmente o pai não irá comprar. É necessário ter um pouquinho de lábia - e muito protetor solar - mas é uma boa opção. Uma caixa de Halls, por exemplo, que custa 21,99 com 21 unidades, você vende a 2 reais e tá no lucro!
  • Fazer os próprios doces. Para quem gosta, é muito legal. Me lembro que os melhores doces que comi, foram os caseiros. Cocada, trufa, pão de mel, bem casado, brigadeiro, mousse, são tantas, tantas opções! Apenas tome muito cuidado, seja muito higiênico hein. Para vender você pode sair por aí com uma bolsa térmica ou então conversar com aquela tia da sua amiga que tem uma lanchonete sabe? E perguntar se você não pode deixar ali. como uma forma de consignação. 
  • Vender lanches. No caso, lanche natural faz sucesso hein, #ficaadica. Conheço pessoas que pagaram suas faculdades vendendo lanches naturais por lá mesmo. Tome muito cuidado com maionese, salada, coisas perecíveis, ta certo?
  • Fazer bico como garçom.Olha, vou ser bem sincera, com relação a isso, eu sei que cansa bastante. Mas ser garçom não é algo muito difícil: é necessário ser gentil, equilibrado e educado. Geralmente ganha-se R$100,00 por noite, o que você pode considerar bom ou ruim, ai vai de você. 
  • Participar de uma empresa que venda em consignado. UP, Avon, Natura, Boticário, Jequiti, aqui onde eu moro tem uma empresa que vende sapatilhas e lingeries. Na sua cidade eu acredito que tenha também. O interessante de vender em consignado, ou seja, eu só pego se eu vender, é que você pode sim ter um trabalho normal, fiixo (como em todas as opções anteriores) e você pode vender por lá mesmo. A mulherada pira nas maquiagens e cremes. Anuncie no Facebook, você vai ver, todo extra valerá a pena 
  • Ser babá nas horas livres. Sim, crianças podem ser terríveis, mas se você gosta de lidar com elas, pode ser uma boa se oferecer para cuidar delas enquanto os pais saem para um jantar. 
  • Ser cuidador de cães. Para os apaixonados por animais e estão desempregados, atenção! Tem muito dono de cãozinho que fica com um peso danado no coração de deixá-los sozinhos em casa. Você pode se oferecer para cuidar deles, e com isso ganhar um extra. Claro que você vai ter que recolher cocô, levar pra passear e ficar de olho, mas se você gosta, será um prazer, não é mesmo?
  • Dar aulas particulares. Sim, você é bom em alguma coisa, acredite! Não existem apenas aulas particulares de português e matemática (embora dar aulas assim para crianças é bem fácil, só dar uma lida nos conteúdos e relembrar a época de escola). Você sabe falar bem em público? Ensine uma pessoa a falar bem também. Sabe se maquiar? Ensina outra pessoa a se maquiar. Existem muitas opções de aulas extras que você pode dar, pense no que você mais gosta de fazer e ensine outro alguém.
  • Vender café em porta de indústria. Não, vocês não tem noção de quanto vende. Um monte de trabalhadores chegam no serviço e quem é que dispensa um bom café, não é mesmo? Você só precisa acordar mais cedo, fazer um bom café, levar leite quente também se quiser, comprar copo para café, ficar lá perto da indústria e vender aos trabalhadores. Só ouvi histórias positivas sobre isso, mas olha, tem que ter persistência hein? Perto de construções é uma boa também, o que nos leva a próxima opção
  • Vender marmita pros pedreiros, eletricistas, e todo o pessoal que trabalha em construção civil. Gente, vamos confessar, pedreiro come muito! E nem podemos julgar: é muito pesado o trabalho deles e eles precisam repor as energias. Se você gosta de cozinhar, porque não passar na frente de uma construção e perguntar se eles não querem uma marmita pro almoço? Pegue as encomendas e arrepia na cozinha! Faça como se você fosse servir um rei: com o melhor que você puder, e você vai ver quantas encomendas terá. Não fique triste se ninguém pedir no primeiro dia: passe de novo. Muitas vezes os pedreiros já levaram marmita naquele dia mas com certeza alguns vão esperar que você volte no outro dia: a não ser, claro, que eles possuam uma espécie de vale alimentação e um restaurante pago pela empresa
  • Fazer artes para enviar por e-mail. Você sabe mexer no photoshop ou no corel? Ótimo! Ajude pessoas a economizarem também! Como? Por exemplo, uma pessoa quer fazer uma arte para o save the date e não faz a minima ideia nem de como começar. Desenvolva uma base e depois ofereça a essas pessoas, de forma que elas gostem da arte e você precise personalizar apenas alguns detalhes, como nome, endereço e cor. 
  • Fazer currículo. Sem brincadeira, a quantidade de bancas de jornal que eu vi com pessoas querendo fazer currículo porque não sabem é aquela coisa que você olha e pensa "não, não é possível". Mas é verdade! Pessoas que não tem computador em casa ou não sabem como fazer um currículo estão atrás de quem sabe! Se você se interessou por essa opção, existem cursos online gratuitos e rápidos que ensinam como montar um currículo
  • Vender suas coisas em sites como OLX, Mercado Livre e afins. A moda entrou pra valer e você pode conseguir uma boa grana com coisas que você nem usa mais. Use a internet ao seu favor, você vai ver como vale a pena!
Essas são algumas ideias para juntar um extra. Existe muitas outras ideias, inclusive, se você tiver uma ideia diferente, conta pra gente, adoraríamos saber. 

Espero que tenha ajudado a dar um insight dentro de você

Thalita Tamm 

Comentários

2 comentários:

Voltar
ao topo